Modelo de Capacidade de Auditoria Interna (IA-CM)

A Controladoria-Geral do Estado de Goiás (CGE) adota em sua atuação o Modelo de Capacidade de Auditoria Interna (IA-CM), uma ferramenta de gestão com padrões internacionais que agrega valor à auditoria pública. A metodologia visa promover melhorias nas atividades de auditoria e inspeção realizadas junto aos órgãos estaduais, de forma a garantir a excelência na entrega de serviços do governo à sociedade.

O IA-CM é uma ferramenta que identifica os fundamentos necessários para uma função de auditoria interna efetiva no setor público, um modelo composto de princípios, práticas e processos que podem ser aplicados globalmente. Além disso, estabelece os passos para que a auditoria interna possa progredir de um estágio inicial para um estágio mais forte e efetivo, geralmente associado a organizações mais maduras e complexas.

Desenvolvido em 2009 pelo Instituto dos Auditores Internos (IIA), com apoio do Banco Mundial, o IA-CM compreende cinco níveis progressivos, nos quais são descritas as atividades de auditoria referentes àquele nível. Os níveis são: 1 – inicial; 2 – infraestrutura; 3 – integrado; 4 – gerenciado; 5 – otimizado. A partir da implementação de processos sustentáveis e institucionalizados em um determinado nível, constrói-se a fundação para que a atividade avance para o próximo nível.

CGE Goiás - Nível 2 do IA-CM

Entre os dias 31/8 e 2/9 de 2022, a Controladoria recebeu uma comissão de revisores independentes do Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), que validaram o alcance do segundo nível do grau de maturidade do IA-CM por parte da administração estadual, atestando que a CGE Goiás atendeu todos os macroprocessos chaves da atividade de auditoria interna (KPAs) do nível 2 da matriz do modelo.

A certificação do nível 2 foi entregue ao governador de Goiás e à CGE dia 17/11/2022 pelo Banco Mundial e Conaci. Desde 2009, quando foi criado o modelo, nenhuma organização no mundo alcançou o nível 5 da matriz.

Saiba mais sobre o IA-CM

O Modelo de Capacidade de Auditoria Interna (IA-CM) para o setor público, desenvolvido em 2009 pelo Instituto dos Auditores Internos (IIA) com apoio do Banco Mundial e atualizado em 2017, é um framework internacionalmente reconhecido que identifica os fundamentos necessários para uma auditoria interna efetiva, de modo a atender às necessidades da administração da organização e às expectativas profissionais da função. É um modelo universal baseado em práticas líderes que podem ser aplicadas globalmente. O IA-CM se presta a ser uma ferramenta estratégica, uma estrutura para autoavaliação e avaliações externas e um roteiro para melhoria e desenvolvimento ordenados.

O modelo está estruturado em uma matriz, denominada, Matriz de 1 Página, com cinco níveis de maturidade, seis elementos de auditoria e 41 macroprocessos (KPA – key process areas) vinculados. Cada macroprocesso possui um objetivo específico e identifica as atividades essenciais que devem ser colocadas em prática e sustentadas. Para alcançar um nível de maturidade é necessário que todos os macroprocessos do mesmo nível estejam implementados (institucionalizados), o que representa estar na cultura da unidade de auditoria interna.

O IA-CM é atualmente a ferramenta estratégica nacional recomendada aos membros do Conaci, com o objetivo de fortalecer a atividade de auditoria interna governamental no Brasil, mediante a parceria instituída desde 2014 entre o Conaci e o Banco Mundial.

Documentos e legislação (links):

Planejamento Estratégico (PE);

Programa de Compliance Público do Estado de Goiás (PCP)

Plano Operacional das Ações de Controle (Poac)

Relatório 2022 do Conaci - Validação do IA-CM na CGE-GO 

Sequência do Processo de Auditoria de Conformidade com modelos

Lei Ordinária nº 18.441/2014 (Institui o quadro permanente da CGE-GO)

Lei Ordinária nº 20.491/2019 (Estabelece a organização administrativa do Poder Executivo e dá outras providências)

Lei Ordinária nº 20.986/2021 (Lei Orgânica CGE-GO)

Decreto nº 9.543/2019 (Regulamento da CGE)

Decreto nº 9.660/2020 (Política de Governança Pública do Poder Executivo de Goiás)

Portaria CGE nº 40/2021 (Estrutura as Ações de Controle)

Portaria CGE nº 133/2020 (Plano de Desenvolvimento Profissional)

Código de Ética (Institute of Internal Auditors – The IIA)

Modelo de Consulta aos Stakeholders