Órgão de controle da Bahia busca CGE-GO para conhecer Gestão de Riscos e replicar modelo

Membros da Auditoria-Geral do Estado da Bahia participaram nesta sexta-feira, 20/1, de uma reunião virtual com a Gerência de Auditoria em Compliance da CGE-GO. O objetivo foi conhecer o modelo de Gestão de Riscos implementado em Goiás para replicá-lo.

O órgão de controle da Bahia foi representado na reunião pelo auditor fiscal, Alberto Queiroz; pela analista técnica, Ana Luiza Vasconcelos; pela encarregada de Proteção de Dados, Cristina Cardoso e pelo gerente de Prevenção e Transparência, Vitor Pinheiro. Pela CGE-GO, participou da reunião o gerente de Auditoria em Compliance, Adriano Abreu de Castro.

Os auditores baianos buscam orientação do governo de Goiás, por meio da Controladoria-Geral do Estado (CGE-GO), para a estruturação e implantação da gestão de Riscos que é um dos eixos do Programa de Compliance Público (PCP/GO). De acordo com o gerente, Adriano Abreu de Castro, serão repassadas todas as informações e ferramentas que têm sido utilizadas pelo governo de Goiás, tanto na criação, quando no desenvolvimento e aplicação da gestão de riscos. 

No final do ano de 2022, a CGE recebeu o certificado de nível 2 do IA-CM e tornou-se a segunda controladoria brasileira a alcançar a certificação. O IA-CM, desenvolvido pelo Instituto Internacional dos Auditores Internos (IIA) com apoio do Banco Mundial, é uma ferramenta global que identifica os fundamentos necessários para uma auditoria interna efetiva e estratégica para fortalecer a atividade de auditoria governamental.