Programa de Compliance Público de Goiás inspira projetos de integridade da Assembleia Legislativa e Tribunal Regional Eleitoral

Em reuniões com as equipes da Alego e do TRE-GO, a Controladoria-Geral do Estado partilhou informações sobre como se deu a estruturação, implantação e condução do Programa de Compliance Público do Poder Executivo do Estado de Goiás, um dos maiores programas de integridade dos estados brasileiros

A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) e o Tribunal Regional Eleitoral – Seção Goiás (TRE-GO) buscaram orientação do governo de Goiás, por meio da Controladoria-Geral do Estado (CGE-GO), para a estruturação e implantação de seus respectivos programas de compliance, que estão em planejamento. De acordo com o gerente de Auditoria em Compliance da CGE-GO, Adriano Abreu de Castro, representantes dos órgãos procuraram a Controladoria para solicitar o apoio, o que resultou na realização de duas reuniões.

O gerente da CGE destacou que ambos os órgãos estão na fase de “desenhar” o programa e, para isso, estão apreendendo todas as ferramentas que têm sido utilizadas pelo governo de Goiás, tanto na criação, quando no desenvolvimento e aplicação do Programa de Compliance Público do Estado (PCP). “Eles estão encantados com a nossa experiência, sobretudo com as ferramentas de gestão de riscos e da formatação em torno dos eixos, e deverão utilizá-las na construção de seus próprios programas”, afirma.

O primeiro encontro (10/11), com a equipe da Alego, contou com as participações da diretora-geral, Joyce Félix Teixeira Meneses; do assessor e gestor Governamental Jurídico, Faustino Matos Leite; do secretário de Controle Interno, João Borges Peres Júnior; do presidente da Comissão de Licitação, Santiago Sampaio Lopes; da membra da Comissão de Licitação, Juliane Elias de Rezende Marques; da secretária de Contratos, Convênios e Projetos Institucionais, Cecilia Almeida Coimbra; da assessora Técnico-Jurídica da Presidência, Andreya da Silva Matos Moura; da secretária de Arrecadação e Controle de Fundo Especial, Lorrane Julien Barbosa Rodrigues e do assessor Adjunto de Finanças, Edilson Bezerra da Silva.

A segunda reunião (11/11), com integrantes do TRE-GO, contou com a participação do diretor-Geral do órgão, Wilson Gamboge Júnior e da secretária de Auditoria Interna, Sandra Fleury Nogueira, entre outros colaboradores da instituição.

Controladoria-Geral do Estado (CGE) – Governo de Goiás